Blog Conectiva

4 dicas de práticas de boa vizinhança e convivência em condomínios!

Não tem jeito: viver em condomínio, qualquer que seja a sua configuração — vertical ou horizontal — implica seguir uma boa conduta em relação aos vizinhos. Para garantir o bem-estar, é importante manter práticas de boa vizinhança. Mas isso nem sempre é fácil.

Se você está enfrentando dificuldades em se relacionar com os vizinhos, mas quer mudar isso já, veja agora 4 dicas básicas para garantir relações harmoniosas! Vamos lá!

1. Seja simpático

Parece mentira, mas algumas pessoas acham normal passar pelo vizinho de porta e não cumprimentá-lo. Não seja uma delas. Seja simpático com todos, dê “bom dia”, “boa tarde” e “boa noite”. Mesmo que você seja tímido, faça um esforço.

Você vai se surpreender com o efeito positivo dessa ação. Até aquele vizinho mais carrancudo vai corresponder eventualmente e, quem sabe, comece a fazer o mesmo com os demais moradores e funcionários do condomínio.

2. Respeite as regras

Se você escolheu viver em uma comunidade (afinal, é isso que é um condomínio), deve seguir as regras estabelecidas pela maioria. Mesmo que você discorde, a convenção de condomínio é soberana e não respeitá-la pode torná-lo uma pessoa difícil de lidar.

Assim, respeite os horários de silêncio, as regras da piscina e áreas de uso comum, armazene corretamente o lixo, recolha a sujeira deixada pelo seu pet, deixe o salão de festas limpo após o seu uso etc.

3. Resolva conflitos de forma pacífica

Eventualmente, você pode ter algum problema mais sério com algum vizinho barulhento ou ranzinza. Procure resolver tudo de forma pacífica, na base da conversa: não saia apelando para o síndico logo de imediato. Uma boa conversa pode evitar, além de brigas, ações judiciais.

Parta do pressuposto que as pessoas são diferentes e as percepções também. Às vezes, o que é evidente para você pode não ser tão óbvio para o seu vizinho. Por exemplo: ele pode achar normal não separar o lixo seco do orgânico. Explique que isso é importante para o meio ambiente e, se for o caso, que é uma regra do condomínio.

4. Seja solidário e colaborativo

Uma das vantagens de morar em um condomínio é a sensação de segurança e suporte que a coletividade traz. Quando menos esperar, você poderá precisar da ajuda de um vizinho. Por isso, procure ser solidário e colaborativo. Ofereça ajuda: abra o portão para aquela senhora que está cheia de sacolas, ajude a carregar o peso, colabore com sugestões para os problemas do condomínio e participe das reuniões.

Uma boa ideia é trocar contatos com os vizinhos para eventuais emergências. Essa é uma via de mão dupla, um dia eles podem precisar, no outro, pode ser você a pedir apoio.

Além dessas dicas, não se esqueça de evitar barulho em excesso, avise se for dar uma festa, se responsabilize pelas suas visitas — para que cuidem do bem comum também —, garanta que o seu animal de estimação não esteja incomodando ninguém, entre outras boas práticas que trazem qualidade de vida a todos.

Fazendo isso, você vai conseguir manter a boa vizinhança e conviver tranquilamente com os demais moradores. Se você gostou das nossas dicas e quer saber sobre regras de condomínios, curta nossa página no Facebook e fique por dentro de todas as novidades que colocaremos no ar!

20 de Abril de 2018 Vida em Condomínio

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *